Qual é a hora certa de captar investimento?

ponteiros de relógio muito rápidos

Existem 3 formas diferentes de responder a pergunta: qual é o momento ideal para captar investimento?

1. Quando você não precisa

Uma das coisas mais intrigantes para um gestor de venture capital é ouvir de um empreendedor capaz, à frente de um bom negócio, que ele não precisa do seu dinheiro. Parece que ouvir isso aumenta a vontade de investir. Psicologia pura.

Como esse é um jogo de mensuração e mitigação de riscos, um empreendedor que consegue crescer sem a ajuda de investimento externo sinaliza que está com os riscos sob controle e que está com um altíssimo nível de confiança na oportunidade. A ponto de não querer compartilhar esses riscos.

Nesse nível de confiança, o empreendedor só aceitará um novo sócio pela razão mais nobre que existe na dinâmica do venture capital: agregação de valor além do dinheiro. É muito comum ouvir nesses casos que o valor do aporte não importa, o que o empreendedor está em busca é a experiência, a rede de contatos e todo o suporte que o investidor pode oferecer. É exatamente aí que se diferenciam os bons dos maus investidores.

2. Quando você está diante de uma grande oportunidade

Como diz o ditado: cavalo encilhado não passa duas vezes. É claro que o cavalo, nesse caso, é uma metáfora para uma chance de ouro. A analogia atribui uma grande responsabilidade ao timing. Como disse Bill Gross nesse épico TED Talk: timing é o fator que mais explica o sucesso de startups.

No contexto de empresas de alto crescimento, isso significa dizer que o melhor momento de captar investimento é quando chegou a hora de capturar uma grande oportunidade de mercado. Mas não apenas isso. Vale observar que é extremamente importante comprovar que a empresa, o modelo de negócio e as pessoas são os recursos certos na hora certa.

No nosso caso, quando existe essa percepção, arregaçamos as mangas e construímos a tese de investimento a quatro mãos, junto com o empreendedor.

3. Captar investimento quando você tem um plano

Isso significa dizer que você sabe o que fazer com o dinheiro. Independente do timing, que pode ter um julgamento subjetivo.

Saber o que fazer com o dinheiro é tão importante quanto entender o problema do cliente, ter uma equipe competente ou estar num grande mercado.

E de que maneira você mostra se sabe o que fazer com o dinheiro?

Projeções financeiras!

Observação (sarcástica): se alguém souber de alguma outra forma, por favor, me avisa.

E uma condição essencial

O processo para captar investimento, infelizmente, toma muito mais tempo do empreendedor do que ele gostaria. Da negociação até o fechamento da última etapa podem levar meses. Se, além desse período, o empreendedor tiver que somar o tempo do chamado “road show”, sem conhecer nenhum investidor, o processo todo pode durar mais de um ano.

Minha sugestão é que independentemente do quão distante esteja sua próxima captação, esquente os leads de potenciais investidores, como expliquei no artigo Toda captação de investidor é uma venda. Mande relatórios frequentes sobre a evolução da empresa, adicionando sempre novos investidores a sua rede de contatos.

Não se preocupe em incomodar, é o nosso trabalho analisar empresas. Só não exagere no volume de informação enviada. Seja muito objetivo. Também não se atenha muito ao tamanho do investimento de cada um desses investidores nesse momento. Os que assinarem cheques menores poderão recomendar você para investidores mais adequados, e os que assinarem cheques maiores poderão se interessar em rodadas futuras e gostarão de acompanhar sua evolução.

Essa é uma boa prática que pode reduzir, e muito, o tempo para captar investimento. Será muito mais fácil para um investidor dizer sim ou não para a oportunidade, e todos economizarão um tempo precioso.

Da mesma forma, os opostos são verdadeiros. Portanto, a hora errada de captar é:

1. Quando você está precisando, ou seja, está com dificuldades de caixa.

2. Quando a oportunidade de investimento e/ou crescimento não existe ou não está clara.

3. Quando você não sabe o que fazer com o dinheiro.

4. Quando você não conhece ou não é conhecido por nenhum com investidor.

 

Artigos relacionados:
O melhor conselho que já dei na minha vida
Os 7 desperdícios do empreendedorismo